Permacultura e Enzimas orgânicas: como ajudar a cuidar das águas da minha cidade

Data: 01/12/2017 | Horário: das 14 às 17 horas | Local: Casarão das Artes 

 

Coordenador: Mikahil Veklenko, CEO da Urban Factory 

Debatedores: Clemente Coelho Junior, Instituto Bioma Brasil | Isabelle Santos, chefe da Divisão dePermacultura da Secretaria de Infraestrutura e Habitação do Recife | Renato Lins, voluntário do Inciti |Renato Raposo, fundador do BIGG – Benchmark de Iniciativas de Governança e Gestão 

Tradução: Bárbara Maranhão

 

1. Questões debatidas e propostas apontadas

• A questão central do debate foi a técnica de produção de enzimas a partir.de lixo orgânicodoméstico para serem utilizadas no tratamento de esgotos e corpos d’água. A apresentação foirealizada por Mikhail Veklenko, CEO da Urban Factory, consultoria russa de urbanismo. 

Outras três apresentações foram feitas por:

•  Isabelle Santos, chefe de divisão de Permacultura da Secretaria de Infraestrutura e Habitaçãodo Recife, sobre o programa de minhocários domésticos e comunitários, com práticas decompostagem, reaproveitamento e descarte de lixo orgânico doméstico;

• Clemente Coelho, do Instituto Bioma Brasil, sobre os serviços ecossistêmicos prestados peloParque dos Manguezais, um dos maiores remanescentes de mangue em zona urbana do Brasil,com área total de 316 hectares, da qual 225,82 hectares correspondem à cobertura vegetal;

• Renato Lins, aluno do mestrado profissional em Gestão e Regulação de Recursos Hídricos, daUFPE, sobre as diretrizes do “Design Urbano Sensível à Água” (tradução literal de watersensitiveurban design - WSUD), abordagem de gerenciamento integrado do ciclo da água nomeio urbano. 

2. O que a experiência da oficina apresenta como práticas para um plano de ação para Nova AgendaUrbana? Conseguiram construir recomendações ao governo federal e agentes estratégicos?

• Em alinhamento aos princípios da Nova Agenda Urbana, foram apresentadas soluções acessíveis einovadoras de gestão sustentável da recursos hídricos e resíduos sólidos, com repercussões naproteção de ecossistemas e mitigação de desastres ocasionados por águas torrenciais.

• Foi sugerido um projeto piloto para utilização de enzimas para tratamento do espelho d’água do EspaçoCiência, museu vinculado à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado de Pernambuco, elocalizado no Parque Memorial Arcoverde, entre as cidades de Recife e Olinda. O envolvimento da CeasaPE,onde são produzidas cerca de 300 toneladas de lixo orgânico por mês, também foi levantado.

• Não foram construídas recomendações para governo federal, mas houve desdobramento junto aogoverno municipal, numa reunião com a Secretaria de Assuntos Internacionais, tendo em vista acelebração de termo de cooperação entre as cidades do Recife e Rostov-do-Don.

3. Como poderia acontecer o monitoramento da implementação do plano de ação?

• Em primeiro lugar, seria importante criar um grupo de trabalho com os participantes da oficina paradetalhar um plano de ação, com o envolvimento das secretarias municipais de Meio Ambiente eRelações Internacionais e estaduais de Meio Ambiente e Ciência e Tecnologia.

4. Têm sugestões de como deverão ser divulgadas as informações e resultados do plano de ação emobilização da sociedade para envolvimento?

• A mobilização poderia se dar pelo envolvimento de alunos e professores de ensino fundamental emédio, de escolas das redes públicas municipal e estadual, assim como das universidades públicasestadual e federa, num programa de despoluição das águas do lago do Espaço Ciência.

• A divulgação de informações poderia ser feita por meio da criação de materiais específicos e daprodução de conteúdos para divulgação nos canais de comunicação já mantidos pelos governosmunicipal e estadual, assim com por assessoria de imprensa.

• Os resultados poderiam ser objeto de concurso para produção de papers acadêmicos, de umacartilha de implementação e de um minidocumentário.

Mikahil Veklenko
Mikahil Veklenko

Urbanista,  Graduado em Gestão de Desenvolvimento Regional e Urbano e pós-graduado em Estudos Urbanos pela Universidade de Manchester. Idealizador do projeto Ciclismo em Rostov-on-Don, Rússia, atualmente é diretor da Urban Factory.

Clemente Coelho Junior
Clemente Coelho Junior

Biólogo, doutor em Oceanografia Biológica, professor adjunto do Instituto de Ciências Biológicas da Universidade de Pernambuco.

Denise Moura
Denise Moura

Graduada em Direito - UNICAP. Oficiala de Justiça Federal- TRF/5 Região. Mestre em Direitos Humanos -UFPE.

Voluntária da Fundação Arte de Viver

Isabelle Gabrielle de Sena Santos
Isabelle Gabrielle de Sena Santos

Chefe de divisão de Permacultura - Secretaria de Infraestrutura e Habitação - Prefeitura do Recife.Graduanda em Bacharelado em Museologia na UFPEEstudante de Permacultura na Unipermacultura. 

Renato Raposo
Renato Raposo

Jornalista e consultor de comunicação, atua com foco em transparência e responsabilidade corporativa.Como consultor, liderou projetos de relatórios para Alcoa, Bradesco, Cofra Holding, Eletrobras, Grupo Libra, Odebrecht, União da Indústria de Cana‐de‐Açúcar e Vale. Foi executivo das áreas de comunicação e assuntos corporativos do Instituto Ethos, Natura C.E.S.A.R.Atualmente, é aluno do mestrado em Sustentabilidade do GVces e empreendedor cívico RAPS. 

Renato Martiniano Lins
Renato Martiniano Lins

Graduado em Engenharia Civil Escola Politécnica de Pernambuco – UPE/POLIPós-Graduado com MBA em Gestão de Projetos Universidade Federal de Pernambuco – UFPEMestrando em Gestão e Regulação de Recursos Hídricos Universidade Federal de Pernambuco – UPFE 

Voluntário do INCITI

O EVENTO

O Campus de Pensadores Urbanos (Urban Thinkers Campus – UTC) é uma iniciativa da Campanha Urbana Mundial da ONU-Habitat concebida como um espaço de diálogo crítico e aberto entre aqueles que acreditam que a urbanização é uma oportunidade e pode levar a transformações urbanas positivas. A conferência tem por objetivo construir um plano de ações para implementação da Nova Agenda Urbana (NAU), documento aprovado por mais de 170 países, com diretrizes para o desenvolvimento de cidades sustentáveis.Com o tema “Águas: Caminhos para a Sustentabilidade”, a iniciativa busca planejar, junto a agentes de diferentes esferas da sociedade, ações locais que visem a sustentabilidade da água, em diálogo com os diferentes contextos urbanos, sociais e hídricos do território pernambucano.No Brasil, o INCITI – rede de pesquisadores da UFPE é responsável pela realização do evento pelo segundo ano. Desta vez, a programação estará integrada à trilha Cidades Inteligentes e Sustentáveis do REC’N’PLAY Festival, que acontecerá em todo o Bairro do Recife.

 

 Oficina: Permacultura e Enzimas orgânicas - Como ajudar a cuidar das águas da minha cidade?

30 Nov 14h às 17h 

Casarão das artes (Tv. Tiradentes, 122 - Recife)

Prática de compostagem, reaproveitamento e descarte de resíduos orgânicos, inclusive com a apresentação de uma experiência desenvolvida na Índia, que reduz a poluição dos rios por meio do uso de enzimas resultantes de uma simples fermentação de resíduos orgânicos, como cascas de frutas e vegetais, açúcar e água. A atividade será conduzida por Isabelle Santos, gerente de Permacultura da Sec. de Infraestrutura do Recife, e pelo gestor em desenvolvimento urbano russo, Mikhail Veklenko.

Planejar a cidade, a partir do diálogo com agentes que representem a pluralidade da sociedade, ações que promovam a sustentabilidade da água levando em consideração diferentes contextos urbanos, sociais e hídricos do território pernambucano. Para alcançar esse objetivo, o INCITI é um dos parceiros da Campanha Urbana Mundial da ONU-HABITAT, que promove o Campus de Pensadores Urbanos (Urban Thinkers Campus - UTC) entre os dias 28 de novembro e 02 de dezembro. Debates, oficinas, workshops, grupos de trabalho, mesas redondas e sessões plenárias são algumas ações que vão ajudar na elaboração de um  plano de ação para combater os problemas hídricos enfrentados na região a partir do tema "Águas: Caminhos para a Sustentabilidade", que vai trabalhar a partir de três eixos principais: Cidade Seca, Cidade Submersa e Cidade Sustentável. Este ano, a programação do Campus de Pensadores Urbanos se integra à programação do  Rec'N'Play Festival, que também acontece no Bairro do Recife, abarcando atividades como laboratórios urbanos, atividades culturais, momentos dedicados à experimentação e ao desenvolvimento de soluções relacionados ao tema do Campus. Todas as atividades são gratuitas.Para conferir a programação completa: inciti.org/aguas 

Enzimas para um ambiente sustentável
 

O que é a Eco Enzima?

Eco enzima é uma solucao complexa produzida por fermentação de lixo de cozinha organico fresco (restos de frutas e vegetais), açucar (açucar mascavo, rapadura ou melaço) e água. É uma substancia marrom escura e tem uma fragrancia azedo doce forte. Eco enzimas é um líquido multiproposito e sua aplicação serve para casa, agricultura, criação animal e etc. No começo as enzimas foram desenvolvidas por Dr. Rosukon da Tailandia. Dr. Rosukon esta ativamente envolvido com a pesquisa das enzimas por mais de 30 anos e ela encoraja as pessoas a fazerem eco enzimas em suas casas para diminuir o aquecimento Global.

 
 

Por que nós deveríamos fazer as enzimas?

Cada vez que usamos produtos de limpeza (detergente de prato) feito de químicos, você esta poluindo a água do subsolo, rios e o ecossistema ao seu redor. Produtos de limpeza convencionais geralmente tem químicos muito danosos como o fosfato, nitrato, amônia, cloro etc. Os efeitos cumulativos desses químicos que são liberados por todas as casas pode causa uma dano significativo no planeta terra. Deixe a eco-enzimas ser o seu melhor ajudante em casa: limpeza geral,  purificador de ambiente, repelente, sabão de lavar roupa, limpeza do carro, fertilizante natural e etc. É fácil de fazer com um custo irrisório, nao polui o ambiente, eficiente e multiproposito. Descubra o milagre eco-enzimas. Cuide da terra desde a sua cozinha.

 

Mikhail Veklenko Urban Factory

Tamanho do arquivo: 7.35 MB

Baixar

Prof Clemente Coelho Jr ICB UP

Tamanho do arquivo: 9.25 MB

Baixar

Renato Martiniano Lins UFPE Di

Tamanho do arquivo: 2.75 MB

Baixar

Isabelle de Sena Santos

Tamanho do arquivo: 2.37 MB

Baixar

Preparação das enzimas.pdf

Tamanho do arquivo: 287.03 KB

Baixar